Microrganismos indicadores: Enterococos



Os enterococos (foto) incluem duas espécies encontradas nos intestinos de humanos e de animais: Enterococcus faecalis (associado ao intestino de humanos) e Enterococcus faecium (encontrado em intestinos de humanos e outros animais).





Os enterococos morrem de forma mais lenta do que a Escherichia coli (foto) e assim pode ser uma melhor opção para indicação de condição higiênico sanitária por reduzir o risco de resultados falsos-negativos.


A contagem de enterococcos normalmente requer o uso de meios de cultura com agentes seletivos, além de temperatura de 45 ºC e corantes específicos para facilitar a visualização de colônias. Os enterococos são melhores indicadores de contaminações de alimentos, principalmente secos e congelados, por serem mais resistentes. Contudo, isso pode comprometer a análise de patógenos, pois mesmo com enterococos encontrados vivos, os potencialmente patogênicos podem já estar mortos, por serem menos resistentes.


Quer receber um treinamento exclusivo sobre detecção de indicadores e patógenos? Entre em contato por e-mail: conrado@abc-itaperuna.br ou Telefone/WhatsApp (22) 3824-2663.


#Microbiologia #FoodSafety #ABCFoodSafety #ABC #Higienização #Leite #antibiótico #microdealimentos #alimentos #Biofilmes #outbreak #surto #Microbiology #Soda #Acido #AcidoPeracetico #listeria #enterobacteriaceae #coliformestotais #coliformes #3M #3MPetrifilm #IN60 #MAPA #MS


FONTE: Forsythe, S.J. 2010, Microbiologia da segurança dos alimentos, Editora Artmed.

FOTOS: Martinko, and Jack Parker. Brock Biology of Microorganisms. Upper Saddle River, NJ: Prentice Hall/Pearson Education, 2018.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo